Millenialls e Valor Compartilhado: Uma Perfeita Estratégia de Negócios

354

Kelle BevineEscrito por:

Muito tem sido discutido sobre os millennials, ou aqueles que nasceram entre 1980 e 2000, cerca de 80 milhões de pessoas nos Estados Unidos, e o que eles representam para o futuro da nossa sociedade. Para as empresas, por exemplo, é crucial entender essa nova geração, tanto como consumidores e/ou profissionais, caso contrário, as empresas correm o risco de se tornar irrelevante e antiquadas.  Estudo recente da Deloitte mostra que as companhias terão de mudar a forma como conduzem seus negócios, a fim de acomodar esta nova geração. Os millennials concordam que as empresas precisam ter lucros, mas também acreditam que elas devem ter um propósito: catalisar ações que tenham um impacto duradouro e positivo para a sociedade.

kelle in Wharton E é melhor ouvi-los. As pessoas dessa geração, muito preocupada com questões sociais e de cidadania, vão se tornar empresários e consumidores e tomarão decisões importantes sobre como o dinheiro será investido. Segundo o relatório da Accenture “The Great Wealth Transfer”, $30 trilhões de dólares em ativos serão transferidos para esta geração nas próximas décadas. O impacto social e ambiental positivo pesa muito nas decisões de investimento dos millennials; eles estão dispostos a aceitar retornos mais baixos e maiores riscos ao investir em empresas que são socialmente responsáveis.

Foi com este entusiasmo, a necessidade de ouvir dessa próxima geração de líderes empresariais inspirados, que aceitei a oportunidade de falar sobre Valor Compartilhado (Shared Value), um termo desenvolvido pela primeira vez em 2006 por Michel Porter, na Wharton Business School. Durante a minha palestra eu pude compartilhar o trabalho no qual o Banco Interamericano de Desenvolvimento tem sido pioneiro no campo de valor compartilhado, e também fiquei feliz ao saber que o conceito de buscar impacto social positivo, em conjunto com o retorno financeiro, torna-se cada vez mais popular entre os estudantes de negócios. O valor compartilhado está se tornando uma prática importante na estratégia de negócios de qualquer empresa.

Durante a minha visita à Universidade da Pensilvânia, também tive a chance de falar com Jornal de Negócios de Wharton, Knowledge at Wharton. Meu objetivo durante a entrevista foi explicar a metodologia do BID para valor compartilhado, e mostrar exemplos de casos reais em uma variedade de indústrias, que vão desde o turismo e a agricultura à educação. Na entrevista mostrei como uma abordagem de valor compartilhado pode ajudar as empresas em todo o mundo a desenvolver as pessoas em sua volta e seus mercados, contribuindo para a sociedade sem perder o foco na rentabilidade e geração de receita. Espero que compartilhando o trabalho que o BID faz eu possa inspirar este grupo de futuros líderes, para que eles continuem a pôr conceitos em prática, inovar e levar as organizações para frente, avançando o desenvolvimento social de maneira significativa.

Last modified: Septiembre 12, 2016

One Response to " Millenialls e Valor Compartilhado: Uma Perfeita Estratégia de Negócios "

  1. Takeuchi, Roberto dice:

    Hi Kelle,
    After read your great interview regarding a new business plan for executives focused in well to society I started trying to find others articles you wrote and find this one. Everything matches with my life philosophy that has been oriented me to the stage I am. During a career at Big 4, controlling and CFO in many multinationals (USA,UK,Dutch Co.) I decide to focus my energy and background in the sustainable Co. with social responsability and find a company BRASUS that is in the pre-production phase in the Agriculture prison in Santa Catarina State (Brazil). BRASUS (www.brasus.com.br) are going to produce a licenced plastic sustainable wood and has a strong target to cooperate with family prisioners to reintroduce them in the society (given courses to prisioners and their children). I would like to exchange our experiences in this area with you because we need to replicate this model around the world starting here in Brazil. Could give you your contact (e-mail address, phone number) to continue this subject conversation? I appreciate your attention. BRASUS is a member in the GBC (Green building council) and EcoAção (NGO-non governamental org.)
    Kind regards, Roberto

Agregue un comentario

Su dirección de correo no se hará público. Los campos requeridos están marcados *